• Login (atualize a página se necessário)
Lais Myrrha, Bestiário, 2005
Tales Bedeschi, Das revoadas
Rachel Falcão, Habita Vida, 2000-2003
Tales Bedeschi, Linha curva da Terra, 2010
Hélio Nunes, (Para que serve a pintura?) Para criar buraco em sabão... dando razão àqueles que não consideram Dalí surrealista, 2011
Lais Myrrha, pódio para ninguém, 2010
Sávio Reale, Tapetes Pampulha (Coleção Pampulha)
Lucas Delfino, Rito de Passagem: O beijo, 2010
Fabíola Tasca, Parlatório, 2005
Hélio Nunes, Ordenação empilhativa de “Liberdade – o homem nasceu para pensar”, 2012 [1962]

Lançamento da Lindonéia #2 no Seminário de Pesquisa e Extensão da Guignard